Loading...
Sobre

Cidade


Conheça a história do nosso município.

História


O apelido do comerciante José Rodrigues de Oliveira, Gangás, inspirou o primeiro nome desse município do Nordeste Mineiro, cujas origens estão ligadas ao arrojado plano de colonização da região realizado pelo Sr. Teófilo Benedito Otoni que buscava para Minas uma saída para o mar.
De 1913, quando surgiu como povoado, até sua emancipação, o Comercinho dos Gangás se firmou como importante centro pecuarista, com seus rebanhos de bovinos, asininos e eqüinos.
Como várias cidades da região do Vale do Mucuri, a origem histórica de Umburatiba está ligada às expedições colonizadoras promovidas pela Companhia do Mucuri, de Teófilo Benedito Otoni.
Inicialmente situada no município de Teófilo Otoni, Umburatiba era conhecida como Comercinho dos Gangás, apelido de José Rodrigues de Oliveira, proprietário de um estabelecimento comercial no local. Junto ao mesmo, sabe-se que o comerciante construiu, em 1921, uma capela sob invocação de São Sebastião.
Com a criação do município de Águas Belas, atualmente Águas Formosas, em 1938, Comercinho dos Gangás passa a chamar-se Umburanas, desligando-se de Teófilo Otoni e integrando-se ao novo município, como distrito. Em 1943, Umburanas passa a chamar-se Umburatiba e, em 1962, desmembra-se de Águas Formosas, passando à condição de município.
Tem uma área de 368,5 km², em relevo quase todo ondulado e montanhoso. É banhado pelos rios Umburanas e Pampa, ambos pertencentes a bacia do mucuri. E o rio alcobaça ou itanhém na bacia do alcobaça.
Gentílico: umburatibense.

Divisão Administrativa

Pelo decreto estadual nº 1058, de 31-12-1943, o município de Águas Belas passou a denominar-se Águas Formosas o distrito de Rio Negro a chamar-se Crisólita e Umburanas (devido abundância de árvores cujo nome era umburana) denominar-se Umburatiba.
Pela lei estadual nº 2.764, de 30-12-1962, desmembra do município de Águas Formosas o distrito de Umburatiba, elevado à categoria de município.
Economicamente se destaca a pecuária na criação de gado bovino de corte e leite.

Fonte

IBGE